O problema da liberdade no tempo da escravidão

2,298 Views

O problema da liberdade no tempo da escravidão. Este é o tema da segunda edição do projeto "Aulas Magistrais", que aconteceu no dia 30/06/2010, às 13 horas, na sala CB15 do Ciclo Básico da Unicamp. Para apresentar o assunto, a Pró-reitoria de Graduação (PRG) convidou o professor Sidney Chalhoub.

n

nA escravidão no Brasil apresentava como uma de suas características a possibilidade do acesso à alforria em taxas superiores a outras sociedades escravistas modernas. Apesar de a obtenção da liberdade ser sempre algo difícil aos escravos, o fato é que a ocorrência significativa de alforrias proporcionou a existência de contingentes significativos de população negra livre ou liberta na população brasileira oitocentista, em especial nas cidades.

n

nTodavia, ainda sabemos pouco sobre a experiência da vida em liberdade para a população egressa da escravidão. O objetivo da aula é abordar aspectos do que se poderia denominar "precariedade estrutural da liberdade" no Brasil do século XIX. Abordaremos assim as restrições constitucionais aos direitos civis e políticos dos libertos, as práticas de escravização ilegal de pessoas livres de cor, a possibilidade de revogação de alforrias, o costume de conceder liberdades sob condição, a conduta da polícia nas cidades de prender negros livres sob a alegação de suspeição de que fossem escravos fugidos etc. A idéia, enfim, é oferecer um panorama das dificuldades da vida em liberdade numa sociedade escravista, na esperança de provocar alguma reflexão sobre o legado da escravidão entre nós.

n

nO projeto "Aulas Magistrais" tem por objetivo divulgar as mais variadas áreas de especialização dos docentes da Unicamp, através de aulas com conteúdo geral, acessíveis a todos. As aulas serão gravadas e disponibilizadas na Internet, para construir um acervo de vídeos único em língua portuguesa.

Categoria  História
Publicado  8 years atrás

Please select playlist name from following
Please select the category that most closely reflects your concern about the video, so that we can review it and determine whether it violates our Community Guidelines or isn't appropriate for all viewers. Abusing this feature is also a violation of the Community Guidelines, so don't do it.
Comentários 0